sexta-feira, 4 de maio de 2012

Onde Ficou Meu Amor

Tudo estranho
Os olhos mostram
Que nunca amamos


Não nos atentamos 
Aos acasos
E tão pouco 
Ao descaso 


Ao acaso
Sem descaso 
Fiquei no meio 
Do fim 

Nenhum comentário:

Postar um comentário