sábado, 26 de novembro de 2011

Ilusões ou Sonhos

Em estado de choque
Aquele rapaz 
Adentra uma sala
Bem arrumada

Nada dizem 
Talvez ele não possa ouvir
Quem sabe começam 
Discutir problemas resolvidos

Mal resolvidos 
Não se resolve 
Foge com um grito
Permaneça vivo

Alguém quer sorriso 
Mas como 
Se a tristeza está a mesa
E todos se comovem 

A beleza do encanto 
Antagônico
Que não encanta
Somente devasta 

Ah veja só quanta 
Pluma os arrasta
Nada é fraca
A não ser se mata

Ascende uma luz
Tenta não ser inata 
Revolta que não passa
Juras invalidas
   

Nenhum comentário:

Postar um comentário