segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Perdido dentro de mim

Sento-me nos cantos das paredes 
Para esperar que tudo passe.
Escondo-me dentro de mim 


Procurando saber se fora um erro, 
Surto, momento, desentendimento,
Entendimento, ilusão, fato, desprendimento,
Fortalecimento... Paixão... Amor...


Onde nem todos podem ser contemplados 
Com a sinceridade...
Por não sabermos ser sinceros o suficiente.


Meus caminhos encheram-me de marcas 
E levam-me por esses até onde não posso
Enxergar... 


Cega-me de uma ou outra maneira, 
Já não sei por onde caminhar.


Nunca tem um alivio, paz que preciso.
Meu coração sempre está partido.
    

Nenhum comentário:

Postar um comentário