domingo, 21 de agosto de 2011

Sem saber

Com o decorrer do tempo,
O que está em oculto se desvenda.
Pouco a pouco o que era luz
Torna-se escuridão.
Não penses que ela é ruim, pois não é.
Ela é necessária assim como a luz,
Como preto e branco, alegria e tristeza,
O bem e o mau...
Todos andam lado a lado,
Fazendo parte de uma grande obra.
Arte provida de vontades própria,
Com suas regras e relógio diferente 
Do que se conhece.

Nenhum comentário:

Postar um comentário