quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

MASCARA DA CAÍDA



Toda envolta de mascaras

Controla, trapaça e da cara a tapa

Ajudando com inúmeras alternativas.




Protegendo e acalmando na hora da dor,

Da loucura, da santa batalha interior e exterior

Afetando não só alma, mas dedos, mãos e boca.




Tenho dito tudo entrelinhas,

Mas vou exemplificar, tão logo

A experiência acabe...




E quem saberás dizer

O desfecho de toda obra,

Se mal começara.

Nenhum comentário:

Postar um comentário