quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Não quero mais viver, sem você não tem vida!

Antes escrever me era prazer hoje somente sinto a dor das decepções ao ver que quem diz que te ama parece não se importar. 
Hoje por pior que eu esteja percebi que não tenho o que escolher e quem me acolhe não é minha mulher minha garota minha Deusa minha menina... 
Enfim entendo que o amor não é para mim, nada é meu, está vida já me fartou e farto estou de viver assim ou assado, não importa o que eu faça, não tenha outra saída a não ser o extermínio deste que habita-me. 

Bosta, basta, tudo é sempre igual e por pior que pareça ainda há como piorar. 
Amigos são raros, dispostos poucos estão e porque logo você meu coração deixa-me assim... 

O amor acabou, nunca existiu ou eu que me precipitei em te amar assim? 


Tudo que tenho salvo para postar, todo material que agrupei para expor, sem querer o calor do reconhecimento, mas o alivio interno, perdeu-me o interesse e desse jeito sem você meus sonhos agora são pesadelo, começarei por matar esses outros "eus" que criei, logo eu posso me arrepender, mas dentro de poucos dias, penso, excluir tudo isso... E depois com cautela matarei a mim mesmo, porque assim, não quero mais viver.    

Nenhum comentário:

Postar um comentário