sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Cadê Você

Gosto quando se faz presente de minha vida invalida 
Trazendo a esperança de uma felicidade tão aguardada, 
Acabe com essa tristeza de minha vida ingrata.

Sabe, já não acreditava que tudo pudesse mudar, 
Mas afinal, tu aparecestes e agora sinto no meu coração uma brasa. 

Tudo aqui dentro é fogo,
É um calor gostoso com gosto de quero mais 
E quero mais, quero mais e mais de você sempre!

Só não demore a chegar, enquanto você aguarda um momento certo 
Outras tentam se aproximar... 
Não quero lhe pressionar, mas você bem sabe, meu bem, ainda nos falta... 

Aquele beijo e o abraço que estás em meus desejos em aguardo, 
Mas não deixe o desejo acabar ou por outra despertar.

Quero você!
E é você que desejo todas madrugadas, 
Todas manhãs quando chego em casa. 
Em todos meus pensamentos você me agarra, 
Mas cadê você agora que demora aparecer
De frente, cara a cara? 

Eu sem você não tenho inspiração,
Só me surgi lagrimas que cegam meu coração 
Com qualquer carinho alheio de outras palavras. 



Um comentário:

  1. Inspiradíssimo! Líndo as imagens no blog , as imagens ao lado...rs
    Besos

    ResponderExcluir