sábado, 26 de maio de 2012

Maldita Falsidade

A falsidade não está longe de ti,
Está muito mais perto do que crê.
Quem sabe no bolso, nas mãos
Ou até mesmo na boca de teus irmãos. 


Irmãos que não são,
Irmãos que somente estão 
Quando tu tiveres o que lhes interessa. 


Não tenha duvida, não tenha pressa,
Não precisa fazer peça e testar 
Esses merdas. 


Sempre chegaste com calma, 
Na embriagues você paga.
Quando teu coração se apertar
Olhe ao lado, o que resta?

Nenhum comentário:

Postar um comentário