sábado, 17 de março de 2012

vVicios

vVíCIOS



A saber, que do nada se fizeram presente, tão jovens amigos se rendendo, juntos se perguntando, quantos de nós ainda padeceremos ao meio de nossas próprias escolhas que vão e que vem. Sem saber por onde filho anda, mãe teme um novo surto do bizarro poeta, que a tal palavra fora vós mesmos em que julgaram o ser.
Alguma evolução tão rápida que de geração em geração vem gerando problemas, um vírus maligno fora lançado ao meio de todos, o orgulho e cegueira, em determinada época o holocausto abate vigorosamente os maus frutos e quantos hoje podem se considerar ao seu lado alguém?
Quantos de nós retemos a bondade máxima que se requer para considerá-lo “salvo”, quantos de vós já se foram, quantos de vós voltou e quantos saberdes disso tudo sem sair daqui?
As perguntas sobre um universo polêmico, o que hoje estamos vivendo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário