domingo, 11 de setembro de 2011

Projeto

Estou preso a mim,
Pois sou incrível.

Não dou tempo
Ao tempo, mesmo
Negando ser dono.

Faço uso de varias
Linguagens, confusas,
Perplexas, subentendidas.

Não vou, não fico.

Meio ao caos por dois
Esculpido.
Negar a criação
Nada é vão.

Somente ambição,
Desejo da carne
Não tem aflição.

Simpósio da vida
Não fala com coração.

Desfaz pensamentos
Sem prantos.
Em prantos se faz
Um coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário