sábado, 20 de agosto de 2011

Mérito e o monstro


"Pra quem acorda muito cedo, cinco ou seis horas da manhã

E passa o dia transfigurado num outro personagem.
Esquecendo de batalhar pelos seus anseios,
Pela sua busca interior.
O ser humano é fabuloso,
Ele é capaz de vender seu tempo e sua criatividade.
A troco de nada!
A troco de nada!
É mérito conseguir trabalho num país como o nosso,
Mas é um monstro quando esse trabalho tira de nós
A possibilidade de ser e estar."


Fernando Anitelli



Nenhum comentário:

Postar um comentário