domingo, 3 de julho de 2011

"Presença adocicada"

A efemeridade com que dura aquilo
Que gostaríamos que fosse eterno
É insigne para que o torne como tal.
Moldamos situações que nos
Propiciam segundos eternos...
Suficientes para atordoarem durante
Uma madrugada infindável...
Olhares que vêm,
Face que se esvai,
Lábios que se aproximam
No durar eterno dos meus efêmeros segundos...

Ausência inoportuna

"Anônimo"

Um comentário:

  1. ...
    Esperar-te-ei, o amor, o bem, a paz e a felicidade que virá pra ficar!

    ResponderExcluir