quinta-feira, 5 de maio de 2011

Estranhos das entranhas...

Não trouxe mais um
Filho teu para batalha sem fim.
Mais uma entre milhares de tentativas
De concertarem seus lares.
São animais vivendo como cães sarnentos,
Desesperados por mais um pouco de dinheiro.
Destaque para suas luxurias
Enquanto milhares morrem sem você fazer nada.
Ai você diz:
E dai? O que eu tenho haver com isso?
Não inventei nada...


Nenhum comentário:

Postar um comentário